banner

A cirurgia plástica pós-obesidade vem crescendo no mundo todo por causa do avanço das cirurgias bariátricas. Os procedimentos de redução do estômago são muito importantes para que obesos de grau 3 (antes chamados de obesos mórbidos) recuperem sua saúde e longevidade.

Contudo, o emagrecimento substancial causa excessos de pele por todo o corpo, já que ela não é elástica o suficiente para regredir por completo.

A pele excedente não acompanha a nova silhueta e também pode causar uma série de problemas e desconfortos como, por exemplo, dificuldades de locomoção, má postura, dermatites nas dobras formadas pelo tecido, entre outros.

O contorno corporal disforme afeta a autoestima, causa vergonha, dificuldades de integração social e afeta a vida sexual.

Considerada uma cirurgia reparadora, e não apenas estética, a cirurgia plástica pós-obesidade deve ser vista como uma etapa de todo o processo de emagrecimento. Ela é fundamental para a saúde e qualidade de vida do paciente.

Quem pode fazer

Homens e mulheres adultos que tenham perdido muito peso depois de grandes dietas ou de uma cirurgia bariátrica. Para fazer o procedimento, o paciente deve ter boas condições de saúde e, principalmente, estar com o peso estabilizado. O cirurgião plástico e o médico responsável pelo processo de emagrecimento podem trabalhar em conjunto, determinando o melhor momento para começar a repação do controno corporal.

A. ETAPAS

A. ETAPAS

A cirurgia plástica pós-obesidade é realizada em etapas. Em geral o paciente leva dois anos até ficar com o peso estável. Neste momento começamos a planejar cuidadosamente a reparação do contorno corporal. O cirurgião decidirá, para cada etapa, quais as técnicas mais adequadas e quais procedimentos podem ser realizados ao mesmo tempo.

AS ÁREAS QUE NORMALMENTE PRECISAM SER OPERADAS SÃO:

Agende sua consulta

Clique aqui

B. A CIRURGIA

O tempo da cirurgia vai depender das técnicas e da quantidade de tecido que será removido. Normalmente, cada etapa dura de três a quatro horas. O cirurgião faz a opção pela anestesia peridural com sedação ou pela anestesia geral, de acordo com seu planejamento.

C. INCISÕES

C. INCISÕES

Cirurgias de reparação de contorno corporal exigem incisões que podem ser extensas. A localização e a extensão das incisões deverão ser decididas pelo cirurgião, depois de estudar o corpo do paciente. Nem sempre é possível, mas procuramos esconder as cicatrizes nos contornos corporais e em locais que ficam cobertos com as roupas. O repouso no pós-operatório é fundamental, pois ele ajuda a evitar a má-formação das cicatrizes.

ALGUNS TIPOS DE INCISÕES

Pós-Operatório e Cuidados

O paciente deverá repusar por um mês evitando exercícios pesados e movimentos bruscos.

Nos primeiros dias, pode ser necessário o uso de drenos cirúrigicos.

Para cada etapa, haverá diferentes indicações pós-operatótios. Por exemplo, a recuperação da cirurgia de mamas e de abdome é diferente. Por isso, o paciente deverá ser muito cauteloso e seguir corretamente as orientações da equipe médica.

Nas cirurgias pós-obesidade, os resultados parciais são visíveis quase imediatamente.
Mas os resultados finais podem demorar de uma a dois anos até estarem completos.
Este é um processo longo, mas que traz impactos muito positivos para a qualidade de vida.

Agende sua Consulta

Rua João Penteado, 326
Jardim Sumaré - 14025-010
Ribeirão Preto - SP
(16) 3621-1442
(16) 99638-6073
contato@drricardosilveira.com.br